Vip World

EU LEITORA: COMO ME VINGUEI DO MEU MARIDO E RECUPEREI A AUTOESTIMA

Restrições

Depois de 24 anos de casamento, meu mundo desabou quando soube que Rafael, o grande amor da minha vida, tinha outra. As palavras de Rafael martelaram em minha cabeça o tempo todo e, quando nos separamos, minha loucura começou. Numa busca obsessiva, corri contra o tempo. Em apenas dois meses, emagreci 27 quilos e, aos 45 anos, paguei um garoto de programa para avaliar o meu desempenho na cama. Fui muito feliz com Rafael, pai dos meus dois filhos. Éramos amigos de ficar horas conversando. Enquanto ele falava, eu alisava o braço daquele homem fogoso, que transava comigo todas as noites. Uma vez passei 33 dias nos Estados Unidos e voltei com 33 presentes para Rafael, comprados um a cada dia. Ele era diretor de uma empresa, e eu trabalhava como terapeuta de casais.

Mulheres separadas 440141

Eu Leitora: Como me vinguei do meu marido e recuperei a autoestima

Leia também o início e o método do amor. Vocês trocaram mensagens bobas pelo celular, dividiram brigadeiros de panela, assistiram TV juntos largados na poltrona e dormiram de conchinha. Foram, enfim, o centro da vida um do outro. Mas agora é cada um para o seu lado. O homem-feito caçava e protegia a família. A mulher cuidava dos filhotes. Mas, em determinado momento, os casais se separavam. Somente isso. É daí que vem a chamada crise dos 7 anos.

Por que relacionamentos terminam segundo Darwin

Isso é um coisa muito, muito elevado. E é a principal pauta do próprio movimento indígena. Significa que ele é terra. O espírito dele é a terra. Algo que é muito exigente de ser transvertido em palavras, é preciso viver um pouco para sentir quanto é essa experimento de ser indígena. Vida, pessoal, vida. Eu estou no universo. Eu sou um ser desse universo.